1. Home
  2. /
  3. Investimentos
  4. /
  5. Diversificar
  6. /
  7. Bitcoin: contrato futuro chega...

Bitcoin: contrato futuro chega à B3 dias antes do halving de 2024

Hoje, dia 17 de abril, começa a operação dos contratos futuros de bitcoin (BTC) na B3, a Bolsa de Valores brasileira. De acordo com a instituição, o intuito é fornecer mais uma alternativa para os investidores negociarem criptomoedas de maneira regulada. O instrumento tem aprovação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Os contratos futuros se unem na Bolsa a 12 ETFs dedicados a cripto e a um BDR de ETF na mesma linha. Além disso, a alternativa chega poucos dias antes do halving de 2024.

Os contratos futuros terão o valor de 0,1 bitcoin (10% do valor) em reais. O vencimento se dará sempre na última sexta-feira de cada mês e a liquidação será apenas financeira – ou seja, não haverá compra e venda de cripto. Os contratos terão como referência o índice Nasdaq Bitcoin Reference Price (NQBTC).

Talvez a notícia não chame tanta atenção no noticiário quanto poderia, se não viesse a poucos dias antes do halving do bitcoin de 2024. Então, este texto busca detalhar as principais questões deste movimento que deve ocorrer no próximo final de semana.

Confira o que é o halving, o cenário em que ele acontece – como o início das negociações de contratos futuros na B3 – e o que esperar para o bitcoin daqui para a frente.

Próxima parada: halving

Próxima parada: halving | A imagem mostra duas moedas físicas em cima de um teclado de computador e ao lado de um celular, que mostra um gráfico de cotação ascendente na tela.

As moedas, apesar de físicas, representam o bitcoin. Uma tem a face virada para cima com a letra B cortada pelo cifrão.

O halving do bitcoin é um dos eventos que têm chamado atenção em 2024. O evento acontece aproximadamente a cada 4 anos e já ocorreu em outros 3 momentos. Em todos eles, a maior criptomoeda de todas passou por valorizações significativas.

Por outro lado, dois halvings ocorreram em cenários que já eram propícios à valorização da cripto – algo que pode se repetir este ano. E os dias que antecedem esse momento em 2024 têm sido movimentados.

Também não é possível estipular a data exata em que ocorre o halving do bitcoin. O deste ano deve acontecer entre os dias 19 e 21 de abril. Vamos entender o porquê.

O que é o halving do bitcoin

Halving vem do inglês e significa “reduzir pela metade”. Ele está ligado ao contexto de produção do bitcoin, em que diversas pessoas pelo mundo trabalham para validar novos blocos na corrente da cripto (o blockchain). Cada bloco contém cerca de 2,2 mil transações.

Em média, 1 bloco novo surge no planeta a cada 10 minutos e, então, as pessoas que fazem isso são remuneradas. Esse é o processo conhecido como mineração.

Em 2009, quando o bitcoin surgiu, os mineradores recebiam 50 BTC por bloco criado. Após o primeiro halving, esse valor caiu pela metade (25 bitcoins). O processo ocorre porque a cripto foi criada para funcionar assim – é uma forma de preservar o valor da moeda ao longo do tempo.

O halving acontece a cada 210 mil blocos minerados. Por isso não é possível saber o momento exato em que ele ocorrerá, mas a marca é atingida a cada 4 anos, aproximadamente.

Essa é uma moeda finita, limitada a 21 milhões de bitcoins. O halving diminui a quantidade de BTC que entra em circulação diariamente. Como a oferta diminui, e espera-se que a demanda se mantenha igual, a expectativa é pela valorização da criptomoeda.

Atualmente, validar um bloco vale 6,25 BTC. A partir do próximo halving, o valor será reduzido para 3,125 bitcoins.

Na tarde do dia 16 de abril, a cripto era negociada na casa dos R$ 330 mil. Tomando essa cotação como referência, pode-se dizer que o valor pago por bloco validado será reduzido de R$ 2.062.500 para R$ 1.031.250. Naturalmente, as oscilações da moeda podem causar grandes diferenças nesses valores.

A antessala do halving de 2024

Como mencionado, o halving deste ano é esperado para ocorrer entre os dias 19, 20 e 21 de abril, respectivamente sexta, sábado e domingo. Ou seja, ele chegará em dias que costumam ser mais festivos. Consegue imaginar os memes com “sextou”?

Sabemos como são os brasileiros na internet, mas uma semana antes o clima era completamente diferente: tensão diante da escalada em conflitos armados no Oriente Médio com os ataques do Irã a Israel.

Além disso, o mundo ainda estava lidando com a notícia de que a inflação americana se mantinha mais forte do que o esperado. Assim, o início de corte de juros nos Estados Unidos deve demorar mais para começar.

As primeiras reações a esses eventos levaram a desvalorizações de diversas criptomoedas, assim como as Bolsas de Valores dos Estados Unidos e a brasileira.

Porém, a proximidade do halving não trouxe apenas notícias ruins. No dia 15, houve a aprovação em Hong Kong dos primeiros ETFs de bitcoin negociados à vista na Ásia. O movimento chinês é similar ao que foi visto nos EUA no início deste ano. Gestoras locais publicaram que poderão negociar ETF dedicados ao BTC e ao ethereum (ETC).

O Brasil tem desde 2021 Fundos de Investimento negociados em Bolsa especializados em criptos. Recentemente, um BDR de ETF de bitcoin também começou a ser negociado na B3. Além disso, o mercado também viu o início das negociações de contratos futuros de bitcoin abordadas no início deste texto.

Banner do e-book "Investindo em criptomoedas por meio de fundos".

A imagem é retangular, tem um fundo dourado queimado e, no lado esquerdo, apresenta o seguinte texto: "Invista em Bitcoin correndo menos riscos! Conheça os Fundos de Investimento dedicados a criptomoedas e conte com estratégias profissionais."

Abaixo do texto, há um botão com a chamada "Baixar e-book gratuitamente".

No lado direito do banner aparece um desenho gerado por inteligência artificial. É o torso de homem de terno e gravata segurando várias moedas de bitcoin nas mãos.

O dia seguinte ao halving do bitcoin

Criptomoedas são instáveis, não é possível saber o que acontecerá com o bitcoin no futuro, tanto em momentos próximos quanto distantes. Porém, podemos conhecer as possibilidades.

A ideia de valorização devido a redução da oferta não deve ser descartada, até mesmo porque o bitcoin teve ganhos expressivos nos últimos halvings.

Histórico

É importante ressaltar que as altas não vieram do dia para a noite, mas no período de cerca de um ano. O primeiro halving aconteceu em 2012 e foi seguido por uma valorização de cerca de 7.300% até 2013.

Ele se deu na mesma época em que surgiram as primeiras exchanges (espécies de Bolsas de Valores de criptomoedas). Essas empresas facilitaram de maneira significativa a comercialização de criptomoedas e, possivelmente, suas valorizações.

O segundo halving ocorreu em 2016 e foi seguido por uma valorização do bitcoin na casa dos 280% em cerca de um ano. Então, houve o halving de 11 de maio de 2020, ano em que o bitcoin disparou. Após 12 meses a valorização da cripto era de cerca de 500%.

Mais uma vez não foi apenas o halving. Diversos fatores mexeram com o mundo dos investimentos em 2020, por conta de consequências da pandemia de covid-19 e das medidas econômicas para conter a crise que veio com ela – um que cenário também influenciou a valorização de criptomoedas.

O cenário do halving de 2024 | A foto foca nas mãos de duas investidoras que estão sentadas frente a frente e analisam gráficos em diversos papéis. Elas usam lápis para apontar informações.

O cenário do halving de 2024

Conforme mencionado, no início deste ano houve a aprovação de ETFs de bitcoin nos Estados Unidos e, nesta semana, o movimento foi repetido em Hong Kong. Esses instrumentos são importantes para atrair investidores institucionais para as criptos. Aportes desse tipo costumam carregar quantidades significativas de dinheiro, o que tem capacidade de influenciar cotações.

É também na antessala do halving 2024 que a B3 lança o contrato futuro de bitcoin.

Você pode aproveitar o momento para começar a investir em criptomoedas com gestão profissional da carteira. Clique no banner abaixo para conhecer os fundos negociados na B3 especializados em moedas digitais.

Banner do e-book "Investindo em criptomoedas por meio de fundos".

A imagem é retangular e, no lado esquerdo, apresenta o seguinte texto sobre fundo branco: "Quer ajuda profissional para investir em Bitcoin? Descubra a diferença de contar com um gestor de fundos para investir em criptomoedas."

Abaixo do texto, há um botão com a chamada "Web book gratuito".

No lado direito do banner aparece um desenho gerado por inteligência artificial. Ele tem fundo dourado escuro e mostra o torso de homem de terno e gravata segurando várias moedas de bitcoin nas mãos. Trata-se do mesmo desenho que aparece no banner da metade do texto.

Autor

Boris Bellini
Jornalista com experiências em marketing, segurança digital, mercado editorial e financeiro. No meio acadêmico, pesquisa a credibilidade jornalística. Anteriormente foi músico, tendo atuado como violoncelista e professor.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes:

5 minutos de leitura

Simulações de investimentos

Descubra o rendimento de diferentes valores no mercado financeiro.