1. Home
  2. /
  3. Investimentos
  4. /
  5. Renda Variável
  6. /
  7. Ações
  8. /
  9. Dividendos chegando: bancos lucram...

Dividendos chegando: bancos lucram R$ 25 bi no 3º trimestre

Quatro instituições bancárias somam R$ 25 bilhões em lucro: Banco do Brasil (BB), Itaú Unibanco, Santander e Bradesco. Os ganhos foram divulgados em novembro e são referentes ao terceiro trimestre de 2023.

Ou seja, cada um desses bancos atingiu bilhões de lucro em apenas 3 meses.

Quem também ganha com esses resultados são os investidores, já que parte é distribuída aos acionistas na forma de dividendos e Juros sobre Capital Próprio (JCP).

Além disso, as instituições já miram partilhar com seus investidores 40% ou até mesmo 50% dos ganhos anuais.

A seguir, o texto apresenta um resumo sobre os lucros de cada banco. As informações são referentes aos resultados do terceiro trimestre de 2023 – período que vai de julho a setembro –, conforme reportado pelas instituições.

Ações de bancos pagam altos dividendos / A foto mostra as mãos de uma mulher ampliando um gráfico de investimentos na tela do celular. Ao fundo, um notebook tem mais um gráfico aberto na tela.

Banco do Brasil

O BB atingiu R$ 8,785 bilhões de lucro líquido ajustado. O valor é 4,5% maior do que o reportado no mesmo período do ano passado.

Uma das métricas importantes aos investidores, o retorno sobre patrimônio líquido (RSPL), ou ROE na sigla em inglês, foi de 21,3% entre os meses de julho e agosto. O resultado representa uma queda de 0,6 ponto percentual na comparação com o mesmo período de 2022.

Os acionistas do Banco do Brasil recebem o mínimo obrigatório de 25% do lucro ajustado na forma de dividendos, valor definido em lei e no Estatuto da instituição. Após os resultados do terceiro trimestre, o BB anunciou que distribuirá R$ 291 milhões aos investidores.

Além disso, o banco acrescenta ganhos aos acionistas na forma de JCP e, assim, também distribuirá R$ 1,958 bilhão. Somados, os valores atingem R$ 2,25 bilhões aos acionistas.

Cada ação do BB receberá R$ 0,10 em dividendos e R$ 0,68 em JCP.

O Banco do Brasil ainda tem a intenção de distribuir 40% de seus lucros aos investidores na forma de Juros sobre Capital Próprio.

Itaú Unibanco

O terceiro trimestre de 2023 também foi positivo para o Itaú Unibanco. A instituição auferiu lucro recorrente gerencial de R$ 9,04 bilhões. Vale ressaltar que, no trimestre anterior, o lucro líquido do banco atingiu o recorde de R$ 8,7 bi.

O ROE do 3º tri ficou em 21,1%, um número muito próximo do registrado no segundo trimestre e no mesmo período do ano passado, 20,9% e 21% respectivamente.

Santander

O lucro líquido recorrente do Santander Brasil foi de R$ 2,729 bilhões, uma queda de 12,6% na comparação com o mesmo período do ano passado. Porém, trata-se de alta de 18,2% frente ao segundo trimestre de 2023.

A instituição teve queda da inadimplência ainda na comparação com o trimestre anterior, mas também viu uma redução das margens no mesmo período.

De acordo com a política de dividendos do Santander, o banco pretende distribuir 50% de seu lucro líquido anual aos acionistas.

Bradesco

O Bradesco reportou lucro líquido de R$ 4,621 bilhões, uma queda de 11,5% na comparação com o mesmo período do ano anterior. O ROE da instituição chegou a 11,3%, que também representa queda de de 1,7 ponto percentual (p.p.) em relação ao 3º tri de 2022.

Recentemente os bancos foram afetados pela alta inadimplência, porém, Itaú e BB já atingiram lucros recordes, enquanto o Santander está em recuperação. Dos quatro com maiores ganhos, o Bradesco foi o mais impactado no terceiro trimestre. Por outro lado, também é o segundo maior banco do país em números de clientes, atrás apenas da Caixa Econômica Federal.

O Bradesco também é o único dos quatro a ter segurado a concessão de empréstimos com o intuito de aumentar a qualidade da carteira. Já as outras três instituições colocaram o pé no acelerador neste quesito.

Dividendos / A foto mostra um homem branco, de cabelos curtos, barba curta, óculos de grau e camisa social. Ele está sentado em frente à uma mesa, olhando para o computador e rindo.

Dividendos

Ações de bancos são bastante procuradas por investidores de renda variável no Brasil. Isso ocorre devido a benefícios como baixa volatilidade e bons dividendos.

Os resultados do terceiro trimestre de 2023 deixam claro como as grandes instituições do setor têm capacidade de auferir lucros na casa dos bilhões. Além disso, são empresas que buscam distribuir aos acionistas fatias generosas desses ganhos.

Prova disso é que Banco do Brasil, Bradesco, Itaú Unibanco e Santander são os bancos que mais pagam dividendos no país neste ano. Você pode conferir o ranking no e-book do Portal SVN, além de conhecer o histórico de cada uma das instituições e as análises de especialistas do mercado financeiro. Vale ressaltar que essas estão entre as ações mais procuradas por investidores brasileiros.

Autor

Boris Bellini
Jornalista com experiências em marketing, segurança digital, mercado editorial e financeiro. No meio acadêmico, pesquisa a credibilidade jornalística. Anteriormente foi músico, tendo atuado como violoncelista e professor.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes:

3 minutos de leitura

Simulações de investimentos

Descubra o rendimento de diferentes valores no mercado financeiro.