Futuros de NY em queda à espera de ata do FOMC e dados sobre mercado de trabalho

Os índices futuros de Nova York mantiveram a trajetória de queda vista no primeiro pregão do ano e iniciaram o dia em baixa. O Nasdaq Composite apresentou sua pior sessão desde outubro e apenas o Dow Jones encerrou o dia em estabilidade. O tom de queda foi dado pelo setor de tecnologia, após o rebaixamento das ações da Apple na classificação do banco britânico Barclays.

A mudança de recomendação para “underweight” (similar a venda) impactou não somente a Apple, que apresentou queda de 4%, como também outras gigantes de tecnologia, como a Nvidia (perda de 2,7%), a Advanced Micro Devices (recuo de 6%). Microsoft e a Alphabet (ambas com quedas de mais de 1%).

Para analistas, contudo, as correções seriam naturais, considerando as altas observadas no fim do ano, com avanço de 24% para o S&P 500 e 43% para o Nasdaq.

O dia foi marcado também por movimentos globais de aversão ao risco. Os treasury yields (títulos do Tesouro dos EUA) avançaram, reagindo à preocupações com as perspectivas de taxas de juros e panorama econômico. O rendimento dos Treasuries de 10 anos subiu quase 9 pontos-base, atingindo 3,946%, e o retorno para o título de 2 anos estava 8 pontos-base mais alto, atingindo 4,328%.

Hoje, o destaque é justamente para a divulgação da Ata do FOMC (comitê de política monetária do Federal Reserve), que traz mais indicações dos rumos da trajetória de juros no país. A expectativa é que o documento apresente mais direções sobre o início do ciclo de cortes pela instituição.

Pela ferramenta FedWatch do CME Group, as apostas para um corte na taxa de juros na reunião do FOMC em 20 de março ainda são prevalentes, mas caíram em relação à semana passada. Ainda assim, é considerado 66,5% provável que o intervalo seja reduzido para 5,00-5,25% (ante 73,4% em 29 de dezembro).

Além disso, há expectativa pela divulgação do relatório JOLTS, o primeiro dos números apresentados nesta semana sobre o mercado de trabalho dos EUA. Para amanhã, a pesquisa ADP de empregos privados é esperada e, na sexta, o mais importante dado do setor será divulgado, com a apresentação dos números de payroll non-farm.

Os mercados europeus amanheceram sem direção definida, tentando recuperação após quedas no primeiro pregão do ano. O índice Stoxx 600 operava com estabilidade, com ações de alimentos e bebidas em ligeira alta de 0,6% compensando o recuo de 0,8% do setor de construção e materiais.

No mercado asiático, o dia foi de quedas puxadas por grandes empresas de tecnologia, em especial fabricantes de chips. Os principais índices da Ásia sentiram o efeito do rebaixamento da Apple e suas fornecedoras operaram com baixas. No Japão, a bolsa segue fechada por feriado de mercado.

Por aqui, teremos apenas a divulgação, pelo Banco Central, dos números sobre as transações correntes de novembro e de investimento estrangeiro.

Fonte: InfoMoney

📊🗞 Veja os principais indicadores às 8h55 : 03/01/2024

🇺🇸 EUA
Dow Jones Futuro (EUA), – 0,27%
S&P 500 Futuro (EUA), – 0,31%
Nasdaq Futuro (EUA), – 0,46%

🌏 Ásia-Pacífico
Shanghai SE (China), + 0,17%
Nikkei (Japão), – fechada devido à feriado
Hang Seng Index (Hong Kong), – 0,85%
Kospi (Coreia do Sul), – 2,34%
ASX 200 (Austrália), – 1,37%

🇪🇺 Europa
FTSE 100 (Reino Unido), -0,85%
DAX (Alemanha), – 0,86%
CAC 40 (França), – 1,31%
FTSE MIB (Itália), – 1,05%
STOXX 600, – 0,89%

🚢 Commodities
Petróleo WTI, +0,09%, a US$ 70,44 o barril
Petróleo Brent, +0,28%, a US$ 76,09 o barril
Minério de ferro negociado na bolsa de Dalian teve alta de 2,83%, a 1017,50 iuanes, o equivalente a US$ 142,38

💲 Bitcoin
Os preços do Bitcoin caem 3,87%, a US$ 43.714,90

Fonte: InfoMoney

3 minutos de leitura

Compartilhe:

Crie seu cadastro para acessar a área exclusiva do Portal SVN!

Lá você vai encontrar conteúdos exclusivos para investidores de todos os níveis: cursos, web books, lives, ferramentas e muito mais!

Os melhores conteúdos para você realizar os melhores investimentos

Crie seu acesso gratuito

Informe seus dados

Menu

Simulações de investimentos

Descubra o rendimento de diferentes valores no mercado financeiro.