Bolsas em alta, de olho em dados de emprego nos EUA; time XP Macro divulga projeções

🇧🇷 Ibovespa
O Ibovespa subiu 1,0% na quinta-feira, fechando o dia em 127.122 pontos. O principal catalisador do desempenho positivo foi a indicação do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) de que não deve ter aumento de juros no país em 2024, o que reduziu o sentimento de aversão ao risco e impulsionou os ativos de riscos globais. Além disso, os mercados repercutiram a decisão da Moody’s de alterar a perspectiva do rating soberano de longo prazo do Brasil para “positiva” de “estável” anteriormente.

Na Bolsa brasileira, papéis do setor de Varejo subiram com o fechamento da curva de juros, com Casas Bahia (BHIA3; +15,2%) liderando as maiores altas. Por outro lado, Embraer (EMBR3; -1,9%) caiu após um banco de investimentos adotar uma perspectiva negativa para o papel. Após divulgar resultados vistos pelo mercado como negativos, Bradesco (BBDC4; -1,1%) e WEG (WEGE3; -1,8%) também caíram no dia.

📊 Renda Fixa
A curva de juros encerrou a sessão de quinta-feira em queda acentuada, revertendo grande parte do movimento visto na véspera do feriado do Dia do Trabalho. Os ativos locais acompanharam o alívio visto nas Treasuries – títulos soberanos americanos -, com a remuneração do papel de 2 anos em 4,87% (-9,0bps), e a de 10 anos em 4,58% (-5,0 bps). O principal motivador da calmaria foi a fala do presidente do Fed, após a decisão do comitê de política monetária (FOMC) pela manutenção da taxa de juros no país. Apesar de pautada em um tom ainda cauteloso, Jerome Powell afirmou que a entidade não pretende subir os juros por lá, o que foi suficiente para desencadear o desmonte de posições mais pessimistas pelo mercado. DI jan/25 fechou em 10,215% (queda de 9,5bps vs. pregão anterior); DI jan/26 em 10,465% (queda de 17bps); DI jan/27 em 10,785% (queda de 20,5bps); DI jan/29 em 11,31% (queda de 21,5bps).

🌎 Mercados globais
Nesta sexta-feira, os mercados operam em alta nos Estados Unidos (S&P 500: 0,4%; Nasdaq 100: 0,7%), após divulgação do resultado de Apple, que veio melhor do que o esperado.

Na Europa, as bolsas operam em alta (Stoxx 600: 0,4%), com a temporada de resultados local, em dia de divulgação dos balanços de bancos franceses. A bolsa de Hong Kong fechou o dia em alta (HSI: 1,5%) impulsionada por expectativa de estímulos do governo chinês ao setor imobiliário, enquanto a Bolsa de Xangai permaneceu fechada devido ao feriado de Dia do Trabalho.

Economia
Na agenda internacional, destaque para o relatório de emprego de abril nos Estados Unidos, o Payroll. O time XP Macro divulgou seu relatório mensal de maio, em que detalha sua revisão recente de cenário econômico. Na agenda doméstica, o IBGE divulgará os dados de produção industrial de março e o BCB, a nota de indicadores de crédito do mesmo mês.

Fonte: InfoMoney

📊🗞 Veja os principais indicadores às 09h10: 03/05/2024

🇺🇸 EUA
Dow Jones Futuro: +0,74%
S&P 500 Futuro: +0,33%
Nasdaq Futuro: +0,56%

🌏 Ásia-Pacífico
Shanghai SE (China), fechado por feriado
Nikkei (Japão): fechado por feriado
Hang Seng Index (Hong Kong): +1,48%
Kospi (Coreia do Sul): -0,26%
ASX 200 (Austrália): +0,55%

🇪🇺 Europa
FTSE 100 (Reino Unido): +0,55%
DAX (Alemanha): +0,44%
CAC 40 (França): +0,58%
FTSE MIB (Itália): +0,14%
STOXX 600: +0,44%

🚢 Commodities
Petróleo WTI, +0,62%, a US$ 79,44 o barril
Petróleo Brent, +0,67%, a US$ 84,23 o barril

🪙 Bitcoin
Os preços do Bitcoin sobem 0,91%, a US$ 59.102,20

Fonte: InfoMoney

3 minutos de leitura

Compartilhe:

Crie seu cadastro para acessar a área exclusiva do Portal SVN!

Lá você vai encontrar conteúdos exclusivos para investidores de todos os níveis: cursos, web books, lives, ferramentas e muito mais!

Os melhores conteúdos para você realizar os melhores investimentos

Crie seu acesso gratuito

Informe seus dados

Menu

Simulações de investimentos

Descubra o rendimento de diferentes valores no mercado financeiro.