Mercado em Alta: Ibovespa atinge 130 mil pontos, setores financeiro e de commodities lideram ganhos, e expectativas positivas se mantêm após divulgação da ata do Copom

O Ibovespa fechou em forte alta de 2,2% na terça-feira, pela primeira vez acima dos 130 mil pontos desde meados de janeiro. Do lado macro, notícias de estímulos adicionais na China puxaram papéis de commodities, e tensões geopolíticas persistentes no Oriente Médio impulsionaram papéis de Óleo & Gás. Além disso, a ata do Copom reforçou que os juros no Brasil continuarão caindo.

No micro, houve uma série de notícias positivas em dia de alta geral, com somente 5 papéis do Ibovespa registrando perdas. Entre os destaques estão a oferta pública de aquisição (OPA) feita pelo Banco do Brasil e o Bradesco para a Cielo (+4,0%); e Natura avaliando uma possível separação da Natura&Co Latam e Avon em duas companhias independentes e de capital aberto, levando o papel a liderar o pregão com ganhos de 6,8%.

O setor de bancos também subiu, com o mercado otimista sobre os resultados após balanço do Itaú ser bem recebido por investidores. O Bradesco (BBDC4, +6,2%; BBDC3, +4,4%) liderou, impulsionado pela antecipação de um resultado do 4T23 positivo e o mercado refletindo sobre a OPA. Do outro lado da ponta, Embraer (EMBR3, -3,8%) foi afetada pelo corte de recomendação na ação por um banco de investimentos.

As taxas futuras de juros fecharam o pregão em queda ao longo de toda a estrutura a termo da curva, em dia marcado pela divulgação da ata da última reunião de política monetária do Banco Central (BC). O principal catalisador do movimento foi o discurso menos conservador do presidente do BC, Roberto Campos Neto, em relação a entrevistas anteriores. Além disso, contribuiu para o movimento a queda expressiva nos rendimentos (yields) dos títulos do Tesouro dos EUA (Treasuries), a qual abriu espaço para uma retirada adicional de prêmios no mercado local. DI jan/25 fechou em 9,955% (-2,5bps vs. pregão anterior); DI jan/26 em 9,67% (-6bps); DI jan/27 em 9,825% (-7,5bps); DI jan/29 em 10,275% (-5,5bps).

Nesta quarta-feira, os mercados operam sem direção definida nos Estados Unidos (S&P 500: -0,1%; Nasdaq 100: 0,0%), à medida que a temporada de resultados avança e sem notícias positivas na frente da política monetária. Hoje, serão divulgados resultados de Uber, CVS, Disney e Paypal.

Na Europa, os mercados operam em queda (Stoxx 600: -0,3%). Na China, os índices fecharam mistos (CSI 300: 1,0%; HSI: -0 3%). O índice de Xangai ainda se beneficia das medidas de estímulo anunciadas pelo governo, enquanto o índice de Hong Kong foi negativamente impactado pela divulgação de resultados de empresas de semicondutores.

A presidente do Federal Reserve de Cleveland, Loretta Mester, disse nesta terça-feira que não há cronograma para o início dos cortes de juros e que as atuais condições de mercado de trabalho e de gastos de consumo devem manter os juros no atual nível por algum tempo.

No Brasil, a ata do Copom da reunião de janeiro destacou, de um lado, a deflação de custos globais, que deve dar um novo alívio à inflação de bens e, do outro lado, os riscos associados ao mercado de trabalho apertado e às transferências públicas sobre a demanda agregada. Ao fim, a ata reiterou o plano de cortes de 50 pontos nas próximas reuniões.

Na agenda do dia, teremos os dados de inflação de janeiro na China, que devem continuar indicando queda nos preços a consumidores e produtores. No Brasil, o resultado primário do setor público deve confirmar o pior déficit desde 2020, enquanto a expectativa para vendas no varejo restrito e ampliado de dezembro é de uma pequena recuperação.

Fonte: InfoMoney

📊🗞 Veja os principais indicadores às 8h45 : 07/02/2024

🇺🇸 EUA
Dow Jones Futuro (EUA), -0,07%
S&P 500 Futuro (EUA), -0,01%
Nasdaq Futuro (EUA), +0,13%

🌏 Ásia-Pacífico
Shanghai SE (China), +1,44%
Nikkei (Japão): -0,11%
Hang Seng Index (Hong Kong): -0,34%
Kospi (Coreia do Sul): +1,30%
ASX 200 (Austrália): +0,45%

🇪🇺 Europa
FTSE 100 (Reino Unido), -0,39%
DAX (Alemanha), -0,28%
CAC 40 (França), -0,15%
FTSE MIB (Itália), -0,21%
STOXX 600, -0,19%

🚢 Commodities
Petróleo WTI, +0,83%, a US$ 73,97 o barril
Petróleo Brent, +0,92%, a US$ 79,32 o barril
Minério de ferro negociado na bolsa de Dalian teve alta de 1,12%, a 944,00 iuanes, o equivalente a US$ 132,75

💲 Bitcoin
Os preços do Bitcoin avançam 0,18%, a US$ 42.906,60

Fonte: InfoMoney

3 minutos de leitura

Compartilhe:

Crie seu cadastro para acessar a área exclusiva do Portal SVN!

Lá você vai encontrar conteúdos exclusivos para investidores de todos os níveis: cursos, web books, lives, ferramentas e muito mais!

Os melhores conteúdos para você realizar os melhores investimentos

Crie seu acesso gratuito

Informe seus dados

Menu

Simulações de investimentos

Descubra o rendimento de diferentes valores no mercado financeiro.