Futuros de NY caem após Moody’s rebaixar perspectiva de crédito dos EUA

Os índices futuros de Nova York amanhecem no campo negativo nesta segunda-feira (13), depois que a agência de classificação de risco Moody’s cortou na sexta-feira (10) a perspectiva de classificação de crédito AAA dos EUA de estável para negativa, apontando para riscos fiscais crescentes no país, enquanto o risco de shutdown volta ao radar.

Em Wall Street, a semana será carregada de indicadores relevantes como inflação, vendas no varejo e produção industrial. Na China, os dados de outubro começam a ser apresentados na terça-feira, com destaque para a produção industrial e as vendas no varejo. Também haverá a divulgação dos números de investimentos em ativos fixos, investimentos imobiliários e taxa de desemprego.

Além disso, o presidente dos EUA, Joe Biden, e o presidente da China, Xi Jinping, terão esta semana seu primeiro encontro presencial em cerca de um ano.

Por aqui, noticiário corporativo seguirá agitado na reta final da temporada de balanços do terceiro trimestre de 2023. Entre os resultados que serão divulgados nos próximos dias, estão Magazine Luiza (MGLU3), Lojas Marisa (AMAR3) e Azul (AZUL4).

No campo político, o destaque ficará para o próximo passo de aprovação da reforma tributária. A expectativa é que a votação não aconteça nos próximos dias, em razão do feriado do dia 15. A reforma foi aprovada, via emenda constitucional, pelo Senado no dia 8 de novembro e agora o tema retorna à Câmara dos Deputados, que precisará ratificar as alterações feitas na outra casa legislativa.

Em indicadores domésticos, destaque para divulgação da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) e índice IBC-Br, considerado uma prévia do PIB do Banco Central.

Fonte: Infomoney

🌏 Veja os principais indicadores às 8h41 (horário de Brasília):

EUA
Dow Jones Futuro (EUA), -0,01%
S&P 500 Futuro (EUA), -0,17%
Nasdaq Futuro (EUA), -0,28%

Ásia-Pacífico
Shanghai SE (China), +0,25%
Nikkei (Japão), +0,05%
Hang Seng Index (Hong Kong), +1,30%
Kospi (Coreia do Sul), +0,24%
ASX 200 (Austrália), -0,40%

Europa
FTSE 100 (Reino Unido), +0,5%
DAX (Alemanha), +0,23%
CAC 40 (França), +0,39%
FTSE MIB (Itália), +0,82%
STOXX 600, +0,60%

Commodities
Petróleo WTI, +0,32%, a US$ 77,41 o barril
Petróleo Brent, +0,31%, a US$ 81,70 o barril
Minério de ferro negociado na bolsa de Dalian teve alta de 1,68%, a 966,50 iuanes, o equivalente a US$ 132,52

Bitcoin
Os preços do Bitcoin recuam -0,70%, a US$ 36.819,00

Fonte: Infomoney

2 minutos de leitura

Compartilhe:

Crie seu cadastro para acessar a área exclusiva do Portal SVN!

Lá você vai encontrar conteúdos exclusivos para investidores de todos os níveis: cursos, web books, lives, ferramentas e muito mais!

Os melhores conteúdos para você realizar os melhores investimentos

Crie seu acesso gratuito

Informe seus dados

Menu

Simulações de investimentos

Descubra o rendimento de diferentes valores no mercado financeiro.