Futuros em Wall Street retornam do feriado no terreno negativo

A terça-feira foi de perdas para as bolsas asiáticas (exceção ao índice Shangai, na China), com recuo também nos futuros em Wall Street, enquanto o mercado digere os últimos comentários dos responsáveis ​​pelo banco central europeu, que seguem rejeitando as apostas em cortes agressivos nas taxas de juro.

O índice Stoxx Europe 600 se encaminha para uma mínima de cinco semanas, com os futuros do S&P 500 caindo 0,6%, enquanto os contratos futuros do Nasdaq 100, mais sensível às taxas, caindo até 0,9%. 
É demasiado cedo para declarar vitória sobre a inflação, disse François Villeroy de Galhau, membro do Conselho do

Banco Central Europeu , em Davos, na Suíça, onde participa no Fórum Económico Mundial. Os investidores estão aguardando o discurso do presidente do Federal Reserve, Christopher Waller, nesta terça-feira, em busca de pistas sobre o momento de um corte nas taxas do Fed, com os mercados monetários vendo uma chance de duas em três de uma redução já em março.

Os dados económicos no Reino Unido, no entanto, apoiaram os argumentos a favor de cortes nas taxas do Banco do Inglaterra nos próximos meses, com o crescimento salarial a abrandar a um dos ritmos mais rápidos já registados.

Enquanto isso, o Morgan Stanley e o Goldman Sachs estão entre as empresas que divulgam resultados nesta terça-feira e deverão revelar a contínua calmaria na atividade bancária de investimento, à medida que os altos custos dos empréstimos, as tensões geopolíticas e os riscos de recessão prejudicam a realização de negócios.

Entre as commoditiess, os preços do petróleo mantiveram-se estáveis , à medida que os contínuos ataques dos Houthi a navios no Mar Vermelho, que estão a manter as tensões elevadas no Médio Oriente, foram compensados ​​por uma perspectiva econômica global instável e por ganhos do dólar.;A referência global Brent manteve-se em torno de US$ 78 por barril, enquanto o West Texas Intermediate (WTI) vai sendo negociado abaixo de US$ 73.

Por aqui, em sessão de baixa liquidez por conta do feriado de Martin Luther King nos EUA, o Ibovespa encerrou a segunda-feira com ganhos de 0,41%, aos 131.520 mil pontos. No mercado de câmbio, o dólar comercial teve leve alta de 0,18%, a R$ 4,86.

Com Brasília ainda em silêncio pelo recesso e o Fórum Econômico Mundial de Davos ainda só no início, a “novidade” veio do Boletim Focus, com projeção mais baixa para a inflação pela segunda semana consecutiva.

Fonte: Central Investidor

📊🗞 Veja os principais indicadores às 8h55 : 16/01/2024

🇺🇸 EUA
Dow Jones Futuro (EUA), -0,42%
S&P 500 Futuro (EUA), -0,51%
Nasdaq Futuro (EUA), -0,66%

🌏 Ásia
Shanghai SE (China), +0,27%
Nikkei (Japão), -0,79%
Hang Seng Index (Hong Kong), -2,16%
Kospi (Coreia do Sul), -1,12%
ASX 200 (Austrália), -1,09%

🇪🇺 Europa
FTSE 100 (Reino Unido), -0,35%
DAX (Alemanha), -0,47%
CAC 40 (França), -0,40%
FTSE MIB (Itália), -0,40%
STOXX 600, -0,44%

🚢 Commodities
Petróleo WTI, +0,16%, a US$ 72,91 o barril
Petróleo Brent, +0,54%, a US$ 78,57 o barril
Minério de ferro negociado na bolsa de Dalian teve baixa de 0,64%, a 938,50 iuanes, o equivalente a US$ 131,73

💲 Bitcoin
Os preços do Bitcoin sobem 0,74%, a US$ 42.870,00

Fonte: InfoMoney

3 minutos de leitura

Compartilhe:

Crie seu cadastro para acessar a área exclusiva do Portal SVN!

Lá você vai encontrar conteúdos exclusivos para investidores de todos os níveis: cursos, web books, lives, ferramentas e muito mais!

Os melhores conteúdos para você realizar os melhores investimentos

Crie seu acesso gratuito

Informe seus dados

Menu

Simulações de investimentos

Descubra o rendimento de diferentes valores no mercado financeiro.