Índices futuros dos EUA operam em leve alta, em semana de divulgação de resultados e bolsas europeias caem, por temores com escalada de guerra

Os índices futuros de Nova York amanhecem nesta segunda-feira (16) em alta, após divulgações positivas de resultados de empresas na semana anterior e apesar de temores com novos avanços no conflito entre Israel e o Hamas. A expectativa é que a semana seja de fortes oscilações no mercado.

Os esforços dos EUA para evitar que o conflito aumente e envolva outros países, como Irã, foram intensificados no final de semana. O presidente Joe Biden realizou ligações tanto para Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro israelense, com promessas de “apoio inabalável” quanto para Mahmoud Abbas, presidente da Autoridade Palestina, com ofertas de ajuda humanitária para a população da faixa de Gaza.

Em entrevista ao programa 60 minutes, da CBS, o presidente americano destacou que “é necessário haver uma autoridade palestina, é necessário haver um caminho para o Estado Palestino”. Biden também afirmou, na mesma oportunidade, de que é fundamental eliminar completamente o Hamas.

Em reação ao cenário incerto tanto no exterior quanto na política monetária dos EUA, o Treasury de 10 anos subiu nesta manhã, assim como o título com vencimento de 2 anos.

Nesta semana, os EUA aguardam divulgação de resultados de empresas como Tesla, Netflix, Morgan Stanley e Bank of America. Além disso, os indicadores de atividade econômica mais aguardados são vendas do varejo, com alta estimada para 0,3%, e produção industrial, que é esperada estabilidade.

Haverá a divulgação do Livro Bege e membros do Federal Reserve realizarão diversos discursos durante a semana, com destaque para a fala de Jerome Powell, presidente do Fed, na quinta.

Na Europa, as bolsas abriram em leve alta mas viraram para queda logo no início da manhã, com investidores calculando impactos de possíveis novos avanços do conflito entre Israel e o Hamas.

As bolsas asiáticas encerram o dia em queda, após dados econômicos da China impactarem mercados na sexta-feira. Importantes números econômicos serão divulgados nesta semana pela China (PIB) e pelo Japão (dados de inflação).

No Brasil, o Ibovespa encerrou o dia com queda de 1,14%, finalizando a semana com recuo de 0,40%.

Teremos, hoje, a divulgação do Índice de Confiança do Empresário Industrial e a Balança comercial (semanal). Nesta semana, serão apresentados, na terça, a Pesquisa Mensal de Serviços, pelo IBGE; na quarta, os números de fluxo cambial e pesquisa mensal de comércio e; na quinta, os dados de atividade econômica de agosto (IBC-Br, com expectativa de queda de 0,3%), a sondagem industrial e a 2ª prévia do IGP-M, pela FGV.

Fonte: InfoMoney

📊🗞 Veja os principais indicadores às 8h58 : 16/10/2023

🇺🇸 EUA
Dow Jones Futuro (EUA), +0,12%
S&P 500 Futuro (EUA), -0,50%
Nasdaq Futuro (EUA), -1,23%

🌏 Ásia-Pacífico
Shanghai SE (China), -0,46%
Nikkei (Japão), -2,03%
Hang Seng Index (Hong Kong), -0.97%
Kospi (Coreia do Sul), -0,81%
ASX 200 (Austrália), -0.35%

🇪🇺 Europa
FTSE 100 (Reino Unido), +0,31%
DAX (Alemanha), +0,17%
CAC 40 (França), +0,26%
FTSE MIB (Itália), +0,41%
STOXX 600, +0,26%

🚢 Commodities
Petróleo WTI, -0,15%, a US$ 86,22 o barril
Petróleo Brent, -0,24%, a US$ 90,64 o barril
O minério de ferro negociado na bolsa de Dalian teve alta de 2,86%, a 862 iuanes, o equivalente a US$ 117,84.

💲 Bitcoin
Os preços do Bitcoin sobem 3,30%, a US$ 27.741,30

Fonte: InfoMoney

3 minutos de leitura

Compartilhe:

Crie seu cadastro para acessar a área exclusiva do Portal SVN!

Lá você vai encontrar conteúdos exclusivos para investidores de todos os níveis: cursos, web books, lives, ferramentas e muito mais!

Os melhores conteúdos para você realizar os melhores investimentos

Crie seu acesso gratuito

Informe seus dados

Menu

Simulações de investimentos

Descubra o rendimento de diferentes valores no mercado financeiro.