Caged de fevereiro e temporada de resultados em foco

🇧🇷 Ibovespa
O Ibovespa fechou praticamente de lado ontem, aos 126.863 pontos (-0,05%). O índice foi principalmente demarcado por cautela dos investidores após um IPCA-15 acima das expectativas, e a ata da última reunião do Copom, que enfatizou a elevação de incertezas globais e domésticas.

Casas Bahia (BHIA3, -9,1%) foi o destaque negativo do pregão, após um resultado do 4T23 mostrando uma pressão em cima da receita e lucro, e as iniciativas de reestruturação impactando a empresa. Além disso, o mercado reagiu negativamente ao resultado da Minerva (BEEF3, -8,7%) que reportou um balanço de difícil leitura, devido ao ajuste de hiperinflação/câmbio da Argentina, e uma geração de caixa mais fraca do que o esperado.

São Martinho (SMTO3, +4,1%) foi o destaque positivo do pregão após a companhia aprovar o sétimo programa de recompra de ações ordinárias, um sinal positivo ao mostrar que a empresa considera que suas ações estão subvalorizadas. Localiza (RENT3, +2,7%) também subiu após declarações do CEO de uma melhora no cenário de seminovos no início de 2024, após um 2023 difícil para o segmento.

Nesta quarta-feira, reportam seus resultados Ambipar, Bradespar, Cosan, Hapvida, Marfrig, Multilaser, Oncoclínicas, Orizon, e Simpar.

📊 Renda Fixa
As taxas futuras de juros fecharam o pregão em alta. O movimento se estendeu desde o início da sessão e apagou parte do alívio observado na curva de juros nos últimos dois pregões. O IPCA-15 acima do esperado em março e a percepção de que a ata da decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central adotou um tom mais conservador foram os catalisadores principais. DI jan/25 fechou em 9,925% (4bps vs. pregão anterior); DI jan/26 em 9,89% (8bps); DI jan/27 em 10,12% (7bps); DI jan/29 em 10,6% (5bps).

🌎 Mercados globais
Nesta quarta-feira, os mercados operam em alta nos Estados Unidos (S&P 500: 0,4%; Nasdaq 100: 0,4%), com índices alcançando novos recordes. Hoje, o mercado acompanha o pronunciamento de Christopher Waller, um dos dirigentes do Federal Reserve. A semana é mais curta, por conta de um feriado na sexta-feira, dia em que será divulgado o deflator PCE, medida de inflação preferida pelo Fed.

Na Europa, os mercados operam mistos, com o índice pan-europeu em estabilidade (Stoxx 600: 0,0%), após uma série de dados econômicos em diversos países, que revelaram uma leve alta da inflação e uma melhora no sentimento. Na China, os índices fecharam em queda (HSI: -1,4%, CSI 300: -1,2%), após dados de atividade industrial.

🪙 Economia
A ata do Copom destacou o aumento de incertezas, exigindo cautela adicional. O IPCA-15 de março veio com surpresa altista, com quebra ainda desafiadora. O índice subiu 0,36% no mês, acima das expectativas (XP: 0,26%; consenso: 0,30%). Nos EUA, as novas encomendas de bens duráveis aumentaram 1,4% em fevereiro, mais do que as expectativas do mercado de um aumento de 1,1% e após uma queda de 6,9% em janeiro. Na China, os lucros das empresas industriais aumentaram 10,2% em relação ao ano anterior, para 914,06 bilhões de CNY nos primeiros dois meses do ano.

Hoje, teremos a publicação dos dados do Caged – Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – relativos a fevereiro. A XP projeta geração líquida de 225 mil vagas formais. Também, a inflação medida pelo índice IGP-M de março será divulgada. Ademais, dirigentes do Banco da Inglaterra e Banco Central Europeu falarão publicamente hoje, podendo dar orientações adicionais sobre a condução da política monetária adiante.

Fonte: Morning Call – XP

📊🗞 Veja os principais indicadores às 9h00: 27/03/2024

🇺🇸 EUA
Dow Jones Futuro: +0,40%
S&P 500 Futuro: +0,38%
Nasdaq Futuro: +0,40%

🌏 Ásia-Pacífico
Shanghai SE (China), -1,26%
Nikkei (Japão): +0,90%
Hang Seng Index (Hong Kong): -1,36%
Kospi (Coreia do Sul): -0,07%
ASX 200 (Austrália): +0,51%

🇪🇺 Europa
FTSE 100 (Reino Unido): -0,17%
DAX (Alemanha): +0,38%
CAC 40 (França): +0,39%
FTSE MIB (Itália): +0,07%
STOXX 600: +0,10%

🚢 Commodities
Petróleo WTI, -0,53%, a US$ 81,14 o barril
Petróleo Brent, -0,54%, a US$ 85,17 o barril
Minério de ferro negociado na bolsa de Dalian teve queda de 3,53%, a 805,50 iuanes, o equivalente a US$ 111,46

🪙 Bitcoin
Os preços do Bitcoin sobem 0,56%, a US$ 70.287,70

Fonte: InfoMoney

3 minutos de leitura

Compartilhe:

Crie seu cadastro para acessar a área exclusiva do Portal SVN!

Lá você vai encontrar conteúdos exclusivos para investidores de todos os níveis: cursos, web books, lives, ferramentas e muito mais!

Os melhores conteúdos para você realizar os melhores investimentos

Crie seu acesso gratuito

Informe seus dados

Menu

Simulações de investimentos

Descubra o rendimento de diferentes valores no mercado financeiro.