Relatório trimestral de inflação no Brasil em foco

Ibovespa
Na quarta-feira (27), o Ibovespa fechou em alta de 0,3% aos 122.641 pontos, perto da máxima do dia. A sessão foi marcada por falas do governo sobre a situação fiscal na pré-abertura, o que provocou as mínimas do dia e uma alta do dólar de 1,2% para atingir o patamar R$ 5,52, o nível mais alto desde janeiro de 2022. Também foi divulgado o IPCA-15, que veio levemente melhor que o esperado.

Os principais destaques positivos da sessão foram ações de commodities como Usiminas (USIM5, +3,3%) e Prio (PRIO3, +2,4%), devido à valorização do minério de ferro e do Brent respectivamente. Já os principais destaques negativos foram ações cíclicas como Pão de Açúcar (PCAR3, -7,8%) e Azul (AZUL4, -5,6%), pressionadas pelo avanço da curva de juros futuros.

Para o pregão desta quinta-feira, teremos a divulgação do relatório trimestral de inflação no Brasil, e a leitura final do índice de confiança do consumidor na Zona do Euro referente ao mês de junho.

Renda Fixa
Os juros futuros encerraram a sessão de ontem com abertura por toda extensão da curva. Apesar da alta de 0,39% do IPCA-15 (abaixo do esperado pelo consenso), e a divulgação da regulamentação da meta de inflação, os ativos locais sofreram com pronunciamento do presidente da República, no qual questionou a necessidade de realizar cortes nas despesas do governo. Já nos EUA, a diretora do Federal Reserve, Michelle Bowman, deu novo discurso visto como restritivo pelo mercado, o que elevou o sentimento global de aversão ao risco. Por lá, os rendimentos das Treasuries – títulos soberanos americanos – de 2 anos fecharam em 4,71% (+6,0bps) e as de 10 anos em 4,31% (+9,0bps). DI jan/25 fechou em 10,6% (alta de 3,6bps vs. pregão anterior); DI jan/26 em 11,23% (alta de 11bps); DI jan/27 em 11,61% (alta de 11bps); DI jan/29 em 12,04% (alta de 10bps).

Mercados globais
Nesta quinta-feira, os futuros nos Estados Unidos abrem levemente negativos (S&P 500: -0,1%; Nasdaq 100: -0,1%), no aguardo de dados de atividade econômica e do primeiro debate dos candidatos presidenciais das eleições de 2024. Para amanhã, o mercado espera dados de inflação medida pelo deflator do índice de consumo pessoal (PCE).

Na Europa, as bolsas operam em queda (Stoxx 600: -0,2%) seguindo a tendência dos mercados americanos e com preocupações com a persistência da inflação global. Na China, as bolsas tiveram performances negativas (CSI 300: -0,8%; HSI: -2,1%) mesmo após o governo anunciar novos estímulos ao setor imobiliário.

Economia
No Brasil, o IPCA-15 de junho avançou 0,39% ante maio, abaixo das expectativas do mercado, com a inflação acumulada em 12 meses passando de 3,70% em abril para 4,06% em junho. O arrefecimento foi devido a itens voláteis como passagem aérea e combustíveis, que mostraram queda de preços quando comparados ao mês de maio. Em nossa opinião, a surpresa com a queda nos preços das passagens aéreas fará com que os economistas revisem suas previsões para o IPCA de junho.

O Ministério da Fazenda anunciou uma nova sistemática para a meta de inflação, que será contínua a partir de janeiro de 2025. Com a mudança, o compromisso com a meta será mensal e, caso a inflação fique fora do intervalo permitido por seis meses consecutivos, será considerada descumprida.

Hoje, destaque para o debate entre o atual presidente dos EUA, Joe Biden, e o ex-presidente Donald Trump e para a leitura final do PIB do primeiro trimestre nos EUA. No Brasil, o mercado se concentrará na divulgação do Relatório Trimestral de Inflação às 08:00 e do Caged às 14:30.

Fonte: XP

📊🗞 Veja os principais indicadores às 10h03: 27/06/2024

🌏 EUA

Dow Jones Futuro: -0,23%

S&P 500 Futuro: -0,07%

Nasdaq Futuro: -0,10%

🌏 Ásia-Pacífico

Shanghai SE (China), -0,90%

Nikkei (Japão): -0,82%

Hang Seng Index (Hong Kong): -2,06%

Kospi (Coreia do Sul): -0,29%

ASX 200 (Austrália): -0,30%

🌍 Europa

FTSE 100 (Reino Unido): -0,12%

DAX (Alemanha): +0,07%

CAC 40 (França): -0,20%

FTSE MIB (Itália): -0,26%

STOXX 600: -0,04%

🌍 Commodities

Petróleo WTI, +0,89%, a US$ 81,62 o barril

Petróleo Brent, +0,83%, a US$ 85,96 o barril

Minério de ferro negociado na bolsa de Dalian teve alta de 1,24%, a 819 iuanes, o equivalente a US$ 112,68

🪙 Bitcoin

Os preços do Bitcoin sobem 0,23%, a US$ 60.990,42

Fonte: Infomoney

3 minutos de leitura

Compartilhe:

Crie seu cadastro para acessar a área exclusiva do Portal SVN!

Lá você vai encontrar conteúdos exclusivos para investidores de todos os níveis: cursos, web books, lives, ferramentas e muito mais!

Os melhores conteúdos para você realizar os melhores investimentos

Crie seu acesso gratuito

Informe seus dados

Menu

Simulações de investimentos

Descubra o rendimento de diferentes valores no mercado financeiro.